Praça da Savassi

Foto Divulgação

O carnaval de Belo Horizonte tem crescido cada vez mais ao longo dos anos e em 2017 a folia promete. Com uma programação extensa, serão cerca de 363 blocos desfilando pelas ruas da capital, 30% a mais que ano passado. Os organizadores que esperam 2,4 milhões de pessoas, trarão novidades para o entretenimento dos foliões. Dois palcos serão montados na Avenida Brasil e um na Praça da Estação, além de um escorregador gigante, o “Skolrrega”.

A festa que cresce em proporção pede um policiamento mais intensivo para que todos possam curtir e aproveitar a festa em segurança. Pensando nisso, a Polícia Militar de Belo Horizonte trabalhará em conjunto com outros órgãos, Prefeitura de Belo Horizonte, Polícia Civil, Guarda Municipal, Corpo de Bombeiros Militar, Ministério Público e Juizado de Menores.

O policiamento contará com todo o efetivo já existente no Comando da Capital, que é formado por 4.472 militares, mais o reforço da Tropa Especializada, Tropa administrativa e militares da Academia de Polícia Militar. A operação intitulada “Operação Carnaval” terá como base diversas ações e operações preventivas e repressivas, feitas de forma a combater o crime e desordem nas ruas durante toda a festa.

A corporação, também em parceria com o Batalhão de Trânsito, trará um reforço para as Operações Blitzen, em especial a Lei Seca. Na tentativa de inibir o uso de bebidas alcoólicas por motoristas que decidirem ir para a folia de carro. E assim, evitar tumultos e acidentes. Com esse reforço e o planejamento prévio já realizado, a PM terá Bases Comunitárias instaladas, além dos postos existentes.

Com esse planejamento e reforço por parte dos órgãos responsáveis por essa grande festa, fique atento e não reaja, proteja-se e procure um policial perto de você ou ligue para o 190. Segurança é tudo.

Por Ana Paula Tinoco

Imagem: Reprodução Internet

A Virada Cultural de BH esse ano, 2016, ocorrerá nos dias 9 e 10 de julho e diferente dos anos anteriores não contará com um palco na Savassi. De acordo com Simone Araújo, diretora de ação cultural da Fundação Municipal de Cultural – FMC – por ser um palco parceiro e não haver parcerias, criar mais um espaço lá não é viável para o evento, que tem como foco o hipercentro.

Outro fator que é reconhecido por Araújo é a questão da segurança. No ano passado, 2015, foram registradas mais de 60 ocorrências na região, como furtos, roubos, tentativa de estupro, lesão corporal e pichação. E, ainda, de acordo com ela quando há evento na região da Savassi a Polícia Militar pede maior atenção à segurança com relação ao bairro.

Além do “palco problema”, como é chamado pelos organizadores do evento. A programação da Praça da Liberdade também foi afetada. O Palco Praça da Liberdade receberá atrações limitadas e somente no sábado, o Grupo Girino, às 19h e shows instrumentais das 19h às 22h, no coreto.

Segundo Araújo o Palco Praça da Liberdade, assim como o da Savassi, é parceiro e tem suas diferenças já que há moradores e não é possível estender a programação pela madrugada. E por fazer parte do patrimônio histórico possui suas limitações. Mas, apesar de tudo isso, ela diz que o espaço é interessante e serve de destino para aqueles que não querem agitação.

Mesmo com a saída da Savassi e limitação das atrações na Praça da Liberdade, outros pontos continuam a participar da Virada Cultural, como a Praça da Estação, Viaduto Santa Teresa e o Parque Municipal. Mas, não haverá baixas, esse ano as Praças Afonso Arinos, Ruy Barbosa e Rio Branco estreiam no evento, trazendo palcos e atrações variadas.

Não está por dentro da programação? Escolha seu itinerário aqui!

Texto Ana Paula Tinoco

Programação de final de semana pra você e seus amigos.

SHOWS EM BELO HORIZONTE 

  • Savassi Festival

Período de 24/06/2016 a 04/07/2016

Local: Savassi

Endereço:  Praça da Savassi, 1 – Savassi Belo Horizonte/MG

  • Festival Sensacional 

Dia 25/06 – 19h00

Local: Parque Municipal

Endereço: Avenida Afonso Pena- até 654- lado par, 0 – Centro Belo Horizonte/MG

  • Sorriso Maroto

Dia 25/06 – 22h00

Local: BH Hall

Endereço: Avenida Nossa Senhora do Carmo, 230 – Savassi Belo Horizonte/MG

  • Arraial de Bêlo 

Período de 24/06/2016 a 12/08/2016

Local: Praça da estação

Endereço: Praça Rui Barbosa, 0 – Centro Belo Horizonte/MG

24 de junho, sexta: João Bosco e Vinicius
25 de junho, sábado: Bonde do Forró
26 de junho, domingo: Chitãozinho e Xororó

PROGRAMAÇÃO CINEMA EM BELO HORIZONTE,

  • A mostra Quentin Tarantino- O maestro do caos 

Período de 16/06/2016 a 30/06/2016

Local: Cine Humberto Mauro

Endereço: Av. Afonso pena, 1537- Centro, Belo Horizonte- MG

 

Por Laís Brina

Foto Divulgação

Foto: Yuran Khan

12483690_963510283716175_784539027_n

Belo Horizonte é uma cidade marcada por pontos turísticos que vão desde as obras arquitetônicas de Oscar Niemeyer até as praças, parques e festivais. O ano de 2014, por exemplo, recebeu mais de 355 mil turistas durante a Copa do Mundo, segundo pesquisa da Secretaria de Estado de Turismo e Esportes, arrecadando de receita direta R$ 451 milhões. Além de grandes eventos, a capital mineira atualmente abriga um dos maiores carnavais de rua do país, reunindo 2 milhões de pessoas segundo a PM em 2016.

A estimativa realizada pela prefeitura de Belo Horizonte aponta que em 2020 a cidade receberá cerca de 5.442.980, 3.185.491 a mais de turistas que no ano de 2010.

12540241_963508783716325_1922915669_n

Pontos Turísticos

Muito dos pontos turísticos em Belo Horizonte, atualmente, são identificados com placas dos nomes, engenheiros e ano em que foram construídos, além de uma pequena história. Semáforos também foram alterados com novas máscaras para atrair a curiosidade dos turistas e divulgar museus, igrejas, dentre outros patrimônios. Além das construções históricas, a capital também atrai pessoas devido a sua culinária com circuito de restaurantes e bares.

Veja abaixo uma lista com atrativos turísticos destacados pela PBH como os mais visitados:

Atrativos Culturais

Palácio da Liberdade, Casa do Baile, Igreja São Francisco de Assis, Museu Histórico Abílio Barreto, Museu de História natural e Jardim Botânico, Museu de Arte da Pampulha, Mercado Central, Conservatório Mineiro de Música, Catedral Nossa Senhora da Boa Viagem, Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa, Casa Fiat da Cultura, Centro Cultural UFMG, Centro de Cultura de Belo Horizonte, Fundação Clóvis Salgado, Museu de Ciências Naturais, Museu das Telecomunicações, Museu de Artes e Ofícios, Museu Mineiro e Museu das Minas e dos Metais.

Realizações técnicas

Zoológico, Aquário e Planetário

Atrativos Naturais

Parque Ecológico da Pampulha, Parque Estadual da Baleia, Conjunto Paisagístico da serra do Curral, Parque das Mangabeiras e Parque Municipal Américo Renê Gianetti.

Eventos Permanentes

Expo-Cachaça, Axé Brasil, Casa Cor Minas, Campanha de Popularização do Teatro e da Dança, Festival Internacional da Dança (FID), Festival Internacional de Teatro de Bonecos, Festival Internacional de Teatro de Palco e Rua, Festival Internacional de Quadrinhos, Feira de Artes e Artesanato da Avenida Afonso Pena, Festival Gastronômico Brasil Sabor e Festival de Arte Negra.

 

 

Texto e fotos por Julia Guimarães

O carnaval começou em Belo Horizonte e se chover não se preocupe, domingo tem Super Bowl 50. O evento decide o campeão da temporada da National Football League (NFL), principal liga de futebol americano dos Estados Unidos. O esporte ainda pouco inserido nas programações dos brasileiros vem crescendo consideravelmente nos últimos anos e já desperta a paixão dos belohorizontinos.

Para o atleta, Ítalo Mingoni, do Minas Locomotiva Futebol Americano, existe um crescimento grande de torcedores e fãs do football na cidade. “O futebol americano está sendo cada vez mais apreciado pelos amantes de esporte. A NFL é hoje o carro chefe de um dos principais canais de transmissão esportiva do país com bastante audiência. Esse crescimento nacional é refletido em nossa cidade e temos muita procura de pessoas querendo praticar e assistir os jogos” conta Mingoni.

Especialmente para os amantes do esporte, o Jornal Contramão preparou para vocês uma lista de onde você poderá acompanhar o jogo entre Denver Broncos, de Denver e Carolina Panthers, da região de Charlotte na Carolina do Norte.

Cinema

A Cinelive e a ESPN fazem a transmissão a partir das 21h, direto do Levi’s Stadium, em Santa Clara, na Califórnia, com a narração e comentários exclusivos de Rômulo Mendonça e Paulo Mancha. Em Belo Horizonte dois cinemas compraram os direitos de transmissão da partida, o Cinemark do BH Shopping, e o Cineart do Shopping Del Rey.

Horário: a partir de 21h

Endereço: Cinemark do BH Shopping- Bairro Belvedere e Cineart do Delrey –

Entrada: R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia)

Red Sport Bar

image

A primeira indicação fica na Savassi. O bar possui um ambiente decorado especialmente para os amantes das quatro grandes ligas americanas (NFL, MLB, NBA e NHL), além de reunir elementos que relembram momentos memoráveis das competições. O bar, fará a transmissão da partida em 14 TV’s de 42 polegadas e um telão. Durante a partida haverão rodadas surpresas de chopp Heineken.

Horário: a partir de 19h

Endereço: Rua Viçosa 250 – São Pedro

Entrada: Entrada gratuita com cartela individual

Mais informações: www.redsportsbar.com

Blá Blá Bar

dfesfe

Com rodada dupla da cerveja Proibida e rodada dupla de caipis, ou seja, toda vez que você pede uma, a próxima é grátis!

Horário: A partir de 19h

Endereço: Rua Montes Claros, 495, Sion, 30310-370 Belo Horizonte

Entrada: Gratuita e com cartela individual

Mais informações: (31) 3324-0018

Mulino Pizzeria

Com quatro TVs de 50 polegadas, pizza e cerveja, é mais uma opção para quem estiver pulando Carnaval na Savassi.

Horário: a partir de 21h

Endereço: Rua Sergipe 1.418 – Savassi

Entrada: Entrada gratuita com cartela individual

Mais informações: contato@mulino.com.br

Applebees

A rede de restaurantes norte-americana  possui uma parceria com a ESPN e transmitirá o jogo a partir das 21h, na íntegra em seu Espaço ESPN.

Horário: a partir de 21h

Endereço: 2º piso do BH Shopping – Bairro Belvedere

Entrada: Gratuita com sonsumo.

Fanáticos Esporte Bar

Próximo a lagoa da Pampulha, o bar possui bebidas nacionais e importadas, além de um cardápio diferenciado que faz do espaço um lugar ideal para os amantes do esporte.

Horário: a partir de 18h

Endereço: Avenida Guarapari, 99 – Santa Amélia (Região da Pampulha)

Entrada: Gratuita porém tem que haver consumo

Mais informações: (31) 3318-3009

Por: Victor Barboza

Imagens: Divulgação

_DSC0020

O aumento da prática esportiva está atrelado não apenas na busca do “corpo perfeito” para o verão, uma vez que a procura por academias cresce próximo dessa época, mas também está interligado a uma conscientização da população e uma busca pela vida mais saudável.

Pesquisa divulgada em outubro de 2014, pelo Ministério da Saúde indicou que 33,8% dos brasileiros realizam atividades físicas, e segundo Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico a (Vigitel) 50% são jovens de ambos os sexos.

A atividade física pode ser realizada em ambientes fechados, como academias ou até mesmo em clínica de fisioterapia, ou ambientes abertos, como parques ou academias ao ar livre. São inúmeras opções. Marcus Macedo, 24, optou por praticar corrida e caminhar no parque próximo a sua casa. “Eu não praticava nenhum esporte porque eu não curto e também não gosto de academia, então a melhor escolha foi começar a caminhar no parque. Escolhi lugares abertos porque não gosto de me sentir preso e geralmente os parques são bem grandes. Coloco meu fone e faço geralmente 1h ou 1h15 todos os dias, menos domingo.”, afirma Macedo.

Segundo a fisioterapeuta Janaina Pieczarka, é importante procurar um profissional antes de dar inicio a qualquer exercício, bem como ter o auxílio de um especialista enquanto realiza atividades físicas, “muitas pessoas não conhecem seu corpo, nem suas limitações e possíveis patologias. Quando você é avaliado você tem noção dos seus limites físicos e traça um objetivo. Um exercício mal executado pode prejudicar as articulações e agravar problemas já instalados, como escoliose, desgastes no joelho, quadril, coluna e gerar também lesões (que não existiam) em vários seguimentos do corpo.”, esclarece.

O professor de educação física e personal trainer, Daniel Abreu, também ressalta a importância de procurar um profissional antes de iniciar as atividades físicas, mas que a corrida é uma atividade que pode ser realizada sem acompanhamento, desde que seja por uma pessoa saudável e sem problemas cardíacos. “Não demanda técnica, é só dispor de uma roupa leve, um tênis confortável e sair correndo na medida e limite que seu corpo demandar.” Abreu acentua que os benefícios da corrida são inúmeros, e que vão desde o emagrecimento até na melhora da autoestima, “e pessoas que correm em média 2 horas por semana de forma moderada pode ter a expectativa de vida aumentada em até seis anos”, finaliza.

Gratuidade

_DSC0021

Além de diversas academias particulares e clubes encontrados em Belo Horizonte, existem opções gratuitas para quem quer se exercitar, como as Academias da Cidade, um projeto criado pela prefeitura em 2006, onde pessoas cadastradas no local podem usufruir dos equipamentos e do auxilio de professores até três vezes da semana no período de uma hora.

As academias ao ar livre, que até em 2013, estavam presentes em 56 praças distribuídos em diversos bairros da capital e o projeto Movimente, um treino funcional que conta com exercícios em circuito de força, salto e abdominal na Praça da Liberdade e funciona de segunda a quinta-feira, das 19h20 às 20h20 e das 20h20 às 21h20 e sábado às 9h.

Passeando com cerca de 15 amigos, vestindo roupas pouco confortáveis com direito a uma grande bolsa colorida e um sorriso estampado nos lábios, a senhora Maria Luiza, 71, do bairro Vila Oeste, visita pela primeira vez uma academia ao ar livre situada na Praça José Mendes Junior, no Lourdes. “Estou achando muito bom, todo bairro deveria ter. Precisamos reivindicar uma. Estamos passeando para olhar, descansar e nos divertir um pouco.”

Por Julia Guimarães

Fotos por Raphael Duarte